Manutenção do seu servidor

608 visualizações

Este pequeno manual irá ajudar a cuidar do seu servidor e fazer a manutenção da instalação do Odoo. Abaixo um diagrama sobre a instalação que a Trustcode efetuou em seu servidor:

 

São instalados três serviços no seu servidor (clique no link para saber mais sobre os mesmos):

  1. Servidor de aplicação WEB (NGINX)

  2. Odoo (instalado dentro de um container do Docker)

  3. Servidor de banco de dados (PostgreSQL)

Para que o Odoo esteja funcionando corretamente se faz necessário que os três serviços acima estejam corretamente iniciados e executando no seu servidor.

Os passos a seguir servem para servidores Ubuntu, caso você utilize outro sistema operacional terá que pesquisar os comandos que verifiquem o status destes três serviços.


Verificar a situação de cada serviço

(Importante: talvez no servidor seja necessário executar os comandos com sudo)

No terminal do seu servidor você deverá executar todos os comandos abaixo para verificar a situação de cada serviço:

  • “service nginx status”

  • “service docker status”

  • “service postgresql status”


Em caso do serviço estiver ok e executando uma tela como abaixo será mostrada:


Caso o serviço esteja parado o valor será “Active: failed”


No caso do Odoo temos um passo extra para verificar se o “container” está executando dentro do serviço do docker (containers, comandos básicos).

Ao executar o comando: “docker ps” deverá ser listado pelo menos um container em execução.


O padrão que usamos em nossos containers começam com “trustcode-odoo...” para containers de produção e “trustcode-update...” para containers que são utilizados apenas para atualização do Odoo.


Reiniciar serviços e containers

Caso encontre algum serviço ou container parado, devemos reiniciar o mesmo.

    • “service nginx restart”

    • “service docker restart”

    • “service postgresql restart”


Em caso de container parado devemos primeiro descobrir o nome do nosso container para que possamos iniciar o mesmo (vale rever os comandos básicos). Executar o comando “docker ps -a” para listar os containers parados, procurar o nome do container que inicia por “trustcode-odoo...”, com o nome em mãos vamos executar o comando para reiniciar. “docker restart nome-container” - onde devemos trocar pelo nome do container apropriado.


Este documento te ajudou?

Precisa de mais ajuda?

Contate o Suporte